<BODY>


Nome:

Email:

Site:

Mensagem:


Digite seu e-mail no campo abaixo e receba gratuitamente as novidades do Kibe Loco!



kibeloco@kibeloco.com.br


Este é um site de ficção e fantasia.
Toda e qualquer semelhança com
fatos e/ou nomes reais é mera coincidência.


Coloque o banner do Kibe Loco
no seu site. Copie o código
abaixo no seu template:

 

28.9.06

 

A DITADURA DO TELEMARKETING

O telefone da minha casa acabou de tocar. Quando atendi, a voz do outro lado me surpreendeu. Tratava-se de uma gravação com a voz do deputado Eduardo Paes, candidato a governador do Rio de Janeiro, pedindo votos para si mesmo, para Márcio Fortes (candidato a deputado federal) e para Pedro Paulo (candidato a deputado estadual).

Não gostei. Pela primeira vez esse ano a propaganda política me irritou. Afinal, a poluição visual nas ruas diminuiu sensivelmente (se comparada com eleições anteriores), os horários em que ouço rádio não batem com os do horário eleitoral gratuito e, depois do surgimento da TV por assinatura, eu sempre tenho a opção de trocar de canal. A única coisa que eu não posso fazer é deixar de atender ao telefone da minha casa.

Por isso, eu NÃO vou votar em Eduardo Paes. Nem em Márcio Fortes e tampouco em Pedro Paulo. Porque se há uma coisa que eu valorizo, é o direito de escolher. Um direito que Eduardo Paes me tirou quando "ligou" para minha casa.

PS - Eu gostaria mesmo é de votar no Samuel Rosa.